Prefeito e pró-reitor de pesquisas da UniFAI participam de evento na Guatemala

Adamantina é o único município brasileiro contemplado pelo Programa EuroClima+ que beneficiará 50 agricultores familiares

O prefeito Márcio Cardim (DEM) e o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do Centro Universitário de Adamantina Prof. Dr. José Aparecido dos Santos estão participando de um evento organizado pela União Europeia (UE) na Guatemala – país da América Central – sobre o Programa Euroclima+.

O projeto faz parte de um programa de cooperação regional entre a UE e a América Latina com foco na produção resiliente de alimentos frente à mudança climática.

Na manhã de ontem (14), eles participaram da abertura do evento na cidade de Antigua Guatemala. Adamantina é a única cidade brasileira com projeto contemplado nesse programa.

“Realizamos o projeto em um consórcio entre Brasil, Guatemala, Honduras e El Salvador, totalizando o valor de quatro milhões de reais. Do total, 25% será destinado para o projeto em Adamantina, resultando em um montante de milhão e trezentos mil”, explica o prefeito Márcio Cardim.

O projeto possibilita o trabalho entre 10 municípios sendo a Comunidade Fronteiriça Trinacional Rio Lempa (Mancomunidad Trinacional Fronteriza Río Lempa, composto por nove municípios da Guatemala, El Salvador e Honduras) mais Adamantina, o Centro Universitário de Oriente daUniversidad San Carlos, na Guatemala, e a UniFAI.

“Ao todo vamos atender 500 produtores, sendo 50 de Adamantina e os 450 de El Salvador, Guatemala e Honduras. O projeto fortalece o Programa de Políticas de Agricultura Familiar de Adamantina (PPAF) e dentro da UniFAI no desenvolvimento de pesquisas para aceleração da compostagem levando a diante o projeto de compostagem municipal que está em desenvolvimento”, salienta o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação do Centro Universitário de Adamantina Prof. Dr. José Aparecido dos Santos.

ASSISTA AO VÍDEO

Ao todo, participam do evento 18 países da América Latina que estão preocupados com a produção de alimentos ecologicamente corretos, atentos a preservação do meio ambiente e das nascentes com foco em propiciar um futuro melhor para as próximas gerações.

A mesa foi composta pelas autoridades Beatriz Bussi da delegação da Union Européia, Eric Sanson, da Embaixada da França, Anja Maria Dah,i Diretora GIZ Guatemala, Michael Grewe, da Embaixada da Alemanha e Afonso Alonso Vargas, Ministro da Guatemala.

O objetivo principal do EUROCLIMA+ é promover o desenvolvimento sustentável e resiliente às mudanças climáticas na América Latina, em particular buscando beneficiar as populações mais vulneráveis.

Os projetos selecionados apresentam como característica um alto nível de concordância com os objetivos e prioridades do EUROCLIMA + planos setoriais de mitigação / adaptação às mudanças climáticas nos países da região; tem uma abordagem regional; os 10 países da América Latina se beneficiam de atividades diretas em seus respectivos países; o conjunto de projetos trata de uma abordagem abrangente de diferentes dimensões dos sistemas agrícolas e da vida rural com tópicos prioritários nas áreas de agroecologia, manejo de bacias hidrográficas e de recursos hídricos, agro-cadeias, agricultura e pecuária resiliente com clima.

Jornalista Natacha Dominato

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ADAMANTINA

Colaborou: Daniel Torres

https://scontent.fbau1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/54416701_417514955720868_5837620446647812096_n.jpg?_nc_cat=103&_nc_eui2=AeEjRPk2vn_-ATXos0m-gy9UqeOJsQLWvxT05MEaBOhV5D9D7nzr0msQuyAB_NqrYRmb-FQ6dBpczf6eYoGi9stdUEZD56zvjbfo5uhbRwVgfA&_nc_ht=scontent.fbau1-1.fna&oh=d55ffa6fe4f26a04ec6937983c88d3b3&oe=5D545050

 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional