Dentro de 30 dias Prefeitura prevê iniciar obras de galeria no Parque dos Pioneiros

DCIM150MEDIADJI_0009.JPG

Traçada entre as principais metas desde que a Administração Marcio Cardim/Ana Romanini Micheloni assumiu a Prefeitura de Adamantina e revelada no final do ano passado como uma das três prioridades para 2019 – ao lado do término das 99 casas populares e do funcionamento do Centro Integrado de Saúde no prédio da antiga Unidade de Pronto Atendimento –, a recuperação e desinterdição do Parque dos Pioneiros já tem data para começar, segundo afirmação feita pelo prefeito ao Folha Regional: “Vamos iniciar as obras no mês de março”.

De acordo com o chefe do executivo, todos os procedimentos burocráticos já foram cumpridos referente ao contrato de financiamento firmado entre o Município e a Desenvolve SP (Agência de Fomento do Estado de São Paulo) para liberação dos R$ 2 milhões que viabilizarão o projeto de execução da substituição completa da galeria de tubos que passa debaixo do Parque e dá vazão ao córrego Tocantins.

No local serão implantadas 460 aduelas de 3 x 3 metros que formarão a nova tubulação com cerca de 480 metros de extensão. Antes, porém, será feita uma base com pedra rachão e brita para sustentar a futura galeria. E para a execução do serviço pesado a Prefeitura contará com uma escavadeira hidráulica adquirida em 2018 já pensando nesta finalidade.

A princípio, o começo das obras tinha sido anunciado para janeiro por Cardim. No entanto, o secretário municipal de Obras, Wellington Zerbini, explicou ao FR nesta semana que foi preciso reprogramar o início para evitar contratempos ou prejuízos aos trabalhos em razão do período de chuvas, nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro.

“Então, analisamos e decidimos por março como melhor mês, tendo em vista que já deverá ter passado a época chuvosa”, completou o prefeito.

O Pioneiros está parcialmente interditado desde o segundo semestre de 2013, devido ao risco de desabamento apresentado pelo afundamento de pontos da tubulação armca existente hoje e o surgimento de seguidas crateras no meio do Parque. O que será solucionado com a nova galeria.

 

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional