Polícia prende homem acusado de tentar roubar mulheres e praticar atos violentos contra o pudor em Adamantina

As polícias Militar e Civil de Adamantina prenderam entre o final da tarde e início de noite desta quarta-feira (30), um professor de educação física que é acusado de abordar mulheres, roubá-las e praticar atos violentos contra o pudor das mesmas.

Segundo informações levantadas pela nossa equipe de reportagem junto à Polícia Militar, a identificação, localização e prisão do acusado que dá aulas em uma academia da cidade, só se deu após um amplo trabalho investigativo realizado desde o último sábado quando foram notificadas as primeiras ocorrências praticadas pelo mesmo que em uma moto abordava as vítimas que caminhavam pela cidade.

A Polícia acredita ainda que outras mulheres possam ter sido vítimas do indivíduo e que estas possam surgir com a divulgação do caso e a prisão do homem.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, a prisão do acusado foi aceita pela Justiça após um pedido em conjunto da corporação com a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) que também atua no caso desde que sua equipe tomou ciência dos fatos.

O suposto autor foi levado para a DDM onde já foi reconhecido com 100% de certeza por uma das vítimas que sofreu o atentado violento ao pudor e interrogado pela delegada responsável pelas investigações.

Outra mulher que foi vítima de tentativa de roubo, deverá comparecer na unidade policial nas primeiras horas desta quinta-feira (31), para fazer o reconhecimento do mesmo.

O indivíduo seguirá detido na carceragem da Cadeia Pública de Adamantina.

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Folha Regional